Allano foi vítima de insultos racistas e Partizan-Santa Clara esteve interrompido

by | Ago 30, 2021 | Black LIves Matter in Football, Portugal

A Bola

Potencial caso grave de racismo em Belgrado, no Partizan-Santa Clara, com Allano a sentir a fúria dos adeptos locais aos 67 minutos, quando se encaminhava para fora do terreno de jogo para ser rendido por Ricardinho.

O brasileiro do Santa Clara deixou o relvado na zona central do campo, mas do lado contrário à tribuna principal, acabando por ouvir insultos no trajeto até ao banco de suplentes da equipa açoriana. A contestação foi subindo de tom nas bancadas e Allano teve um momento de resposta à fúria dos adeptos sérvios que viria a acentuar agitação, acabando por se ouvir em alguns setores do estádio os gritos da multidão a imitar um macaco…
Já na zona dos bancos, Allano chamou o quarto árbitro e relatou-lhe o episódio que acabara de viver, passando depois a comunicação para o árbitro Craig Pawson. Face à intervenção da comitiva dos açorianos, e para ter uma noção mais precisa do incidente, o árbitro inglês interrompeu a partida durante cerca de dois minutos, mantendo diálogo vivo com o quarto árbitro, Andrew Madley

Craig Pawson chamou também o treinador do Partizan para o foco da ação, trocando depois impressões com o capitão de equipa do Partizan. Pelas impressões do diálogo, o árbitro estaria a chamar a atenção para as consequências que a repetição do gesto dos adeptos pudessem ter para o clube. Tanto Aleksandar Stanojevic como Markovic ouviram e aceitaram a recomendação do árbitro e o jogo pôde prosseguir até final sem qualquer outro registo de violência.

De qualquer forma, o quarto árbitro tirou notas do incidente com o brasileiro que representa o Santa Clara, aguardando-se agora a reação da UEFA a mais um caso que pode abalar seriamente o futebol sérvio e o Partizan em particular.